Gerente de fundos brasileiro para lançar o primeiro crypto ETF do mundo com a Nasdaq

0


O gestor de fundos brasileiro regulamentado Hashdex fez uma parceria com a Nasdaq para lançar o primeiro fundo negociado em bolsa (ETF) de criptomoeda do mundo na Bermuda Stock Exchange (BSX).

De acordo com um relatório publicado pela agência de notícias local Infomoney, a Hashdex já obteve a aprovação para lançar o ETF, apelidado de ETF Hashdex Nasdaq Crypto Index. O ETF foi desenvolvido em parceria com a Nasdaq e deve ser listado no BSX para aproveitar as regulamentações pró-criptografia da região. O BSX confirmou que listará o ETF Hashdex Nasdaq Crypto Index.

Um fundo negociado em bolsa (ETF) é um título que envolve uma coleção de faixas de outros títulos e muitas vezes rastreia um índice subjacente e, embora não tenham sido divulgados muitos detalhes sobre o ETF de criptografia, diz-se que rastreia um índice de criptografia desenvolvido por Nasdaq e Hashdex para “representar um cenário de investimento institucional em criptomoedas”, escreve Infomoney.

A metodologia do ETF e outras informações relacionadas ao produto serão lançadas pela Nasdaq no lançamento, de acordo com a Hashdex. Marcelo Sampaio, CEO do gestor de fundos brasileiro, disse que a Nasdaq fazer parte do projeto confirma que os criptassets estão ganhando o interesse e a confiança dos investidores. Sampaio adicionou (traduzido aproximadamente):

Espera-se também que esse processo acelere a entrada de investidores institucionais nesse segmento. É uma tendência que se concretiza cada vez mais.



<! –

->

Notavelmente, várias organizações tentaram, de várias maneiras, listar um ETF Bitcoin nas principais bolsas de valores, mas todas essas tentativas foram rejeitadas pela Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC).

No início deste ano, em uma declaração discordante, a comissária Hester Peirce – uma defensora de produtos relacionados à criptomoeda – revelou que desaprovava a rejeição, e isso a leva a concluir que a agência está "indisposta a aprovar" a lista de produtos que " fornecer acesso ao mercado para Bitcoin. ”

A comissária Hester Peirce acrescentou que “nenhum depósito atenderá aos padrões em constante mudança que esta Comissão insiste em aplicar aos produtos relacionados ao Bitcoin – e apenas aos produtos relacionados ao Bitcoin”.

Imagem em destaque via Unsplash.



Leave A Reply

Your email address will not be published.